Prémio Nobel da Física 2014 pela invenção do LED azul

09.10.2014

Aplicação:  Iluminação geral
Tecnologia:  LED
Público-alvo:  Eletricista,  Consumidor,  Arquiteto,  Designer de iluminação,  OEM,  Comércio

Prémio Nobel da Física 2014 será atribuído pela invenção do LED azul. Como um fornecedor de LED líder a nível global, a OSRAM congratula cordialmente os vencedores Isamu Akasaki, Hiroshi Amano e Shuji Nakamura por este prémio.

O LED azul permitiu a primeira luz LED branca

O LED vermelho já tinha sido inventado no final dos anos cinquenta. Alguns anos mais tarde, seguiu-se o LED verde. Mas para misturar a luz LED branca no final, ainda faltava a versão azul. Este desenvolvimento provou-se extremamente difícil - até que três cientistas japoneses se aperceberam da descoberta em 1992.

"A invenção dos LED azuis representa um marco extraordinário na história recente da tecnologia. É uma das fontes de luz mais eficientes. Os LED azuis são a base para os LED brancos. Além disso, também é possível produzir lasers azuis com a mesma tecnologia. O último destaque a este respeito são os faróis frontais à base de laser para automóveis", afirma Dr. Klaus Streubel, Chefe de I&D na OSRAM.

A OSRAM está ativa na indústria dos LED há mais de 40 anos. Atualmente, a empresa não é apenas um mercado, mas também um líder em inovação e tecnologia em muitas áreas tecnicamente relacionadas, incluindo a iluminação por laser.